15. Química orgânica: conceito, funções orgânicas e grupos funcionais; séries homólogas; isomeria de cadeia, funcional, geométrica e óptica

15. Química orgânica: conceito, funções orgânicas e grupos funcionais; séries homólogas; isomeria de cadeia, funcional, geométrica e óptica (quiralidade).


08:48 19.07 Hoje é um dia muito especial, começaremos a falar sobre uma das áreas da química denominada QUÍMICA ORGÂNICA falaremos um pouco sobre o histórico que é um tanto interessante e como pode haver uma diversidade imensa de compostos do elemento carbônico, bons estudos e divirtam-se

Cá pra nós, eu sou "a Sorte", tinha feito a postagem bem legal, um dos conteúdos mais completos pah, e misteriosamente o pc desligou e o bloog mais misteriosamente ainda não salvou nada.'- fdp. lá vamos nós de novo. (paciência)

Destruída a teoria da força vital, a denominação química orgânica não tinha mais sentido, mas foi conservada por tradição. Atualmente, a química orgânica é definida como a química dos compostos de carbono.


Cadeia Carbônica

Para ser classificada como orgânico, um composto precisa obrigatoriamente conter o elemento carbono. O número de compostos orgânicos é incomparavelmente maior que o de compostos inorgânicos. Esse fato se explica por uma propriedade que diferencia o carbono dos demais elementos:

Os átomos de carbono podem ligar-se uns aos outros, formando cadeias carbônicas.
Principais diferenças entre compostos orgânicos e inorgânicos
Quanto à composição elementar quantitativa

Os compostos orgânicos, em sua maioria, são formados pelos mesmos elementos: carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. Os compostos inorgânicos ou minerais, ao contrário, tem composição qualitativa, que varia muito de um para o outro.

Quando ao numero de compostos

Como citei no inicio o átomo de carbono tem uma propriedade de ligarem-se entre si, formando cadeias, o que torna, teoricamente, ilimitado o número de compostos orgânicos. Por isso, eles são incomparavelmente mais numerosos que os compostos inorgânicos.

Quanto à natureza dos compostos

Como os compostos orgânicos, em sua maioria, são combinações entre os elementos carbono, nitrogênio, oxigênio e nitrogênio, podemos antecipadamente prever que são moleculares ou covalentes, porque os átomos de C, H, O e N ligam-se entre si por ligações covalentes. Por outro lado, a maior parte dos compostos minerais apresentam metais combinados com não-metais e, consequentemente, são compostos iônicos.


Quanto a solubilidade
Como os compostos organicos, em sua maior parte, sao moleculares apolares ou fracamente polarizados, sao pouco soluveis em agua e bastante soluveis nos solventes organicos. Os compostos organicos fortemente polaresm como o etanol, a acetona, os acucares etcm sao bastante soluveis em agua. Por outro lado a maior parte dos compostos inorganicos sao ionicos, sao poucos soluveis em compostos organicos, e a agua e seu melhor dissolvente. A diferenca entre compostos organicos e inorganicos quanto a solubilidade e, na verdade, uma diferenca entre compostos moleculares e compostos ionicos. Assim, um composto organico como o acetato de sodio, que e ionico e bastante soluvel em agua e pouco soluvel em solventes organicos. Por outro lado, a substancia inorganica iodo , como molecular e apolar, e pouco soluvel em agua e bastante soluvel em solventes organicos.





Reações: